CD

       
Em maio de 2014, na Terça Negra, no Pátio de São Pedro, foi lançado o primeiro registro fonográfico  da nação: o CD  MARACATU ALMIRANTE DO FORTE – 81 ANOS. Isso só foi possível devido à aprovação de um projeto  junto ao Funcultura (Fundo de Incentivo a Cultura) da Fundação de Cultura de Pernambuco (Fundarpe).
O CD foi gravado no Malunguim Stúdio, com a participação de Fábio Paiva (mestre de apito e caixa); Sergio Murilo (alfaia de marcação); Cristiano Ferraz (alfaia de virada e alfaia de repique); Fábio Freire (alfaia de virada e alfaia de marcação); Ulisses Santana (caixa, alfaia de repique, alfaia de virada e alfaia de marcação); Kelly Ferraz (alfaia de marcação); Nido Pedrosa (bumbo mestre, mineiro, gonguê, vocal e direção musical); Toinho (bumbo mestre, gonguê, vocal e mineiro); Luciano Magalhães (caixa, vocal e produção executiva); Jôsy Santos (vocal); Izabel Vasconcelos (vocal); Edjelma Arantes (vocal); Artur Stamford (caixa). A parte técnica de gravação de estúdio ficou a cargo de Mário Sérgio; Pierre Leite e Júlio. A pré-mixagem/mixagem final ficou a cargo de Pierre Leite, Nido Pedrosa e Mário Sérgio.

Referência PEDROSA, Nido. Maracatu Almirante do Forte, 81 Anos. Revista JG News. Ano XVII, Edição 182, p. 08-10. outubro/novembro/2013. Disponível em: <http://issuu.com/jgnews/docs/rosyl>, acessado em 22/05/2015.

 

LOAS

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: